Notícias

Ver notícia

Na última quarta-feira, 2 de agosto, o presidente do Instituto AEGEA, Édison Carlos, esteve em Campo Grande, Mato Grosso Sul, para participar de um encontro com foco na troca de conhecimento sobre as políticas ESG (governança ambiental, social e corporativa) com parceiros locais.

Na ocasião, o presidente do Instituto explicou que os modelos de negócios desenvolvidos pelas empresas necessitam ir além da eficiência operacional.

“As empresas devem ter um olhar voltado para as características locais, sempre atentos para as populações vulneráveis, focando na capacitação e na geração de empregos, além de ter um cuidado especial com o meio ambiente onde estão inseridas”, explicou.

Paulo Antunes, diretor-presidente da MS Pantanal, lembrou que a MS Pantanal tem trabalhado pelo propósito contratual da universalização do esgotamento sanitário em todos os 68 municípios de MS, com intuito de ampliar o alcance do modelo ESG desenvolvido pelo grupo Aegea, na área do saneamento básico.

“Quando afirmamos para a sociedade que vamos universalizar o saneamento, estamos reforçando que as nossas práticas diárias estão sendo executadas seguindo os princípios ECG que incluem o tratamento adequado das pessoas do nosso entorno, além de cuidado com a biodiversidade onde estamos operando”.

Renato Marcílio, diretor presidente da Sanesul reafirmou o compromisso em fazer de MS o primeiro Estado brasileiro a universalizar o acesso ao esgoto coletado e tratado, fixados pelo novo marco legal do saneamento e destacou.

“No Estado, a PPP com a MSP vem nos ajudando a alcançar essa meta, sendo um braço no aspecto financeiro e operacional ao acesso ao esgoto coletado e tratado nos municípios que operamos”.

Para Iara Marchioretto, Diretora de regulação e fiscalização da AGEMS, o trabalho que está sendo desenvolvido pela MS Pantanal e Águas Guariroba são destaque em desenvolvimento sustentável.

“O engajamento da PPP da MS Pantanal, Sanesul, AGEMS e AGEREG fortalecem os benefícios da sociedade no abastecimento de água potável, tratamento do esgotamento sanitário, contribuindo assim para elevar os índices de qualidade de vida de toda população sul mato-grossense.”

Durante o evento, estiveram presentes os diretores da Sanesul, Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (AGEMS) e Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos (AGEREG) de Campo Grande, além dos órgãos de imprensa local.

Compartilhar:

Veja Também

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Ambiental MS Pantanal é responsável pelos serviços de coleta e tratamento de esgoto em 68 municípios no interior do Mato Grosso do Sul

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Ambiental MS Pantanal e saiba mais sobre obras, programas e projetos.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.