Notícias

Ver notícia

MS Pantanal da pontapé em iniciativa inédita e transforma MS no 1º Estado do país a dar destinação sustentável ao lodo gerado nas ETES

Mato Grosso do Sul é o primeiro Estado do Brasil a dar destinação sustentável ao do lodo gerado nas Estações de Tratamento de Esgoto operadas pela Ambiental MS Pantanal, a PPP (Parceria Público Privada) parceira da Sanesul na coleta, tratamento e destinação de efluentes no Estado.  A matéria orgânica que antes era descartada nos aterros sanitários, agora é insumo que misturado a esterco bovino, se transforma em biofertilizante, o “Organics Fertbio-MS”.

Mairinco de Pauda – Comunicação Semadesc

A iniciativa inovadora que deu um novo destino ao lodo, é uma parceria da PPP com a Organics (empresa que atua no ramo de fertilizantes) e com o Governo do Estado. “É um grande marco podermos caminhar para universalização sabendo que todo lodo produzido nas suas estações de tratamento deixa de ser um lodo e passa a ser um insumo que consegue recuperar, reconstituir, restaurar e enriquecer o solo do nosso Estado”, enfatizou o diretor presidente da Ambiental MS Pantanal Paulo Antunes.

O novo adubo foi apresentado nesta sexta-feira (14) durante uma solenidade realizada em Terenos, município localizado a 32 quilômetros de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul. O evento contou com a participação de autoridades, produtores rurais e representantes de universidades e da agricultura familiar.

Parceria Além da conta:

A responsável pela gestão de carbono e lodo do grupo Aegea Saneamento, Laís Sauvinio marcou presença no evento. Na ocasião, ela enfatizou o compromisso da concessionária em impactar a vida das pessoas levando qualidade de vida, qualidade da água, coleta e tratamento de esgoto e destacou que a parceria que surgiu é além da nossa conta, ou seja, vai além disso.

“O que a gente faz hoje aqui não é só reciclar os nossos resíduos de lodo, a gente está fazendo algo além. Nós estamos distribuindo matéria orgânica, fertilizante, para comunidades que precisam disso, para melhorar seus produtos, ampliar as suas plantações. Então em termos de sustentabilidade, a gente está indo além da circularidade, além do benefício ao meio ambiente”, acrescentou.  

Mairinco de Pauda – Comunicação Semadesc

Nossa natureza movimentando vidas

O compromisso em dar um destino ao lodo gerado nas Ete´s espalhadas pelo Estado, vai além da sustentabilidade. As empresas querem promover a economia circular e fortalecer a agricultura familiar através da doação de 20% do fertilizante produzido com a parceria.

Mairinco de Pauda – Comunicação Semadesc

Essa quantia representa 150 toneladas que vai chegar as hortas e lavouras sul-mato-grossenses beneficiando agricultores familiares, população indígena e quilombolas mantidas por um programa social do Governo do Estado. Esse projeto é coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEMADESC) e a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (AGRAER).

Mairinco de Pauda – Comunicação Semadesc

Na ocasião, foi entregue uma amostra do fertilizante e famílias quilombolas e produtores familiares que estavam presentes no evento, foram beneficiados com a doação do produto. O Secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Jaime Verruck elogiou a iniciativa e enfatizou que a sua importância. “Isso ESG na veia! É desse tipo de programa e produto que nós precisamos no Estado de Mato Grosso do Sul, aliar os nossos propósitos a ações claras com resultado”, completou.

Compromisso social e ambiental:

O Organics Fertibio-MS é um fertilizante orgânico classe “B”, extraído de uma técnica sustentável de produção, em que se destaca seu ganho ambiental para o segmento da agropecuária e do saneamento básico. Ele combina as matérias-primas e os bioprocessos da Organics com o lodo das ETEs (Estações de Tratamento de Esgoto) operadas pela Ambiental MS Pantanal.

Os testes confirmaram que essa matéria orgânica tem a viabilidade técnica e a segurança necessárias para o uso em quaisquer sistemas de adubação. Sendo assim, ele não possui restrições de uso podendo ser utilizado em diversas culturas como: soja, arroz, milho, hortifrútis e pastagens. Rico em nutrientes, ele melhora a saúde do solo e promove um crescimento vigoroso das plantas, contribuindo para uma produção agrícola mais eficiente e sustentável.

Para o diretor executivo da Organics Osvaldo Miaki Biofertilizantes criar um fertilizante usando lodo como insumo, foi um desafio aceito de imediato. “Na data de hoje, a gente vem realmente comemorar o início de uma jornada que já está consolidada”, conclui.

Compartilhar:

Veja Também

Iniciativa de colaborador da MS Pantanal otimiza serviços em Japorã Saiba mais
Iniciativa de colaborador da MS Pantanal otimiza serviços em Japorã

Trabalhador adaptou sistema que evita obstruções na rede de esgoto do município “Uma ação simples que gera resultado” é assim que o opera...

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Ambiental MS Pantanal é responsável pelos serviços de coleta e tratamento de esgoto em 68 municípios no interior do Mato Grosso do Sul

MS Pantanal leva informação e mudas de Ipês para estudantes sidrolandenses Saiba mais
MS Pantanal leva informação e mudas de Ipês para estudantes sidrolandenses

Na última semana, a Ambiental MS Pantanal participou da programação da ‘I Semana Socioambiental’, promovida pela Prefeitura de Sidrolândi...

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Ambiental MS Pantanal trabalha diariamente para ampliar e melhorar o índice de coleta e tratamento de esgoto.