Notícias

Ver notícia

A Associação de Rotary Clubs do Distrito 4470 de Rotary Internacional e a Ambiental MS Pantanal lançaram, nesta semana, um projeto abrangente para unirem esforços no desenvolvimento de ações ambientais em diversos municípios do Mato Grosso do Sul. O evento aconteceu na Casa da Esperança de Dourados – instituição que acolhe dependentes químicos e atua na recuperação social e emocional dessas pessoas.

Na ocasião, foram plantadas 200 mudas de espécies nativas do Cerrado. A parceria prevê que mais 40 mil mudas sejam plantadas em ações do tipo em todo o estado. O evento contou com a participação da governadora do distrito 4470 do Rotary, Miriam Lacerda Philbois; e do diretor de Relações Institucionais da Aegea Centro Oeste, Paulo Antunes.

“Acredito que essa parceria proporciona grandes ganhos para as cidades do interior do Estado, sobretudo para o meio ambiente”, disse Antunes, em entrevista. “Com certeza as duas Instituições entregarão o que têm de melhor para um bem maior. É um privilégio contarmos com o Rotary, que possui competência, capilaridade e reputação em todas as regiões onde atua”, concluiu.

No evento, Antunes também lembrou que as ações de reflorestamento estão em linha com os princípios ESG (Ambiental, Social e de Governança, na sigla em inglês) da MS Pantanal, que, desde o início de sua operação plena, em maio de 2021, já doou mais de 15 mil mudas para ações de plantio em todas as regiões do MS.

Já Miriam se disse honrada em estar presente na ocasião, agradeceu à parceria e disse que as mudas serão bem-vindas para que se possa restaurar os solos, melhorar a qualidade do ar e ter um ambiente mais saudável. “[A parceria vem ao encontro com a sétima área de enfoque de Rotary Internacional, que valoriza todas as ações que levem à harmonia entre as pessoas e o meio ambiente… que todas as nossas ações sejam sustentáveis”.

Esta foi a primeira de muitas entregas de mudas que devem ocorrer em 48 municípios do MS. As mudas foram cultivadas no viveiro Isaac de Oliveira, em Campo Grande, que é administrado numa parceria entre a MS Pantanal e a concessionária Águas Guariroba. Hoje, o viveiro tem capacidade para produzir aproximadamente 50 mil mudas de espécies típicas do Cerrado e do Pantanal por ano.

Parte da Parceria Público-Privada (PPP) com a Sanesul, a MS Pantanal opera na coleta, afastamento e tratamento do esgoto em 68 municípios em que a estatal atua. A empresa faz parte do Grupo Aegea e se antecipou ao Marco Legal do Saneamento, sancionado em 2020, para impulsionar os investimentos a fim de que o MS atinja a universalização do saneamento até 2031.

Também estiveram presentes no encontro os membros do Rotary, Sérgio Philbois, Hermes de Araújo Rodrigues, Paulo César Branquinho, Alvimar de Castro, Amarildo Jonas Ricci, Ajax Leite, Edivaldo Leite, Wilson César, Francisco Claro, Edivaldo Soares da Silva, Júlio Saldivar, e Rubens Calixto Júnior, supervisor do polo de Dourados da MS Pantanal.

Compartilhar:

Veja Também

Contato Saiba mais
Contato

A Ambiental MS Pantanal oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

MS Pantanal leva informação e mudas de Ipês para estudantes sidrolandenses Saiba mais
MS Pantanal leva informação e mudas de Ipês para estudantes sidrolandenses

Na última semana, a Ambiental MS Pantanal participou da programação da ‘I Semana Socioambiental’, promovida pela Prefeitura de Sidrolândi...

Iniciativa de colaborador da MS Pantanal otimiza serviços em Japorã Saiba mais
Iniciativa de colaborador da MS Pantanal otimiza serviços em Japorã

Trabalhador adaptou sistema que evita obstruções na rede de esgoto do município “Uma ação simples que gera resultado” é assim que o opera...