Notícias

Ver notícia

Com o intuito de acelerar os investimentos no sistema de saneamento básico do Mato Grosso do Sul – e atingir a meta de universalização dos serviços dentro dos próximos dez anos – a Sanesul autorizou, nesta quinta-feira (15), investimentos de R$ 2,1 milhões no município de Coxim.

De acordo com a estatal, parte do investimento será destinado a melhorias do bombeamento das Estações Elevatórias de Esgoto (ETEs) dos bairros Santa Maria e Presidente Vargas. Outra parte será destinada à estrutura de abastecimento de água

“Durante dois meses vamos viajar por todo Estado entregando as obras que foram concluídas nos últimos meses. Também vamos anunciar novos investimentos e assinar ordens de serviços já liberadas”, disse o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Jr. “Vamos juntos percorrer uma rota de entregas de saneamento, ficar de frente com a população e os prefeitos. São investimentos viabilizados pela Sanesul e o Governo do Estado”, acrescentou.

As ETEs serão operadas pela Ambiental MS Pantanal (AMSP). A empresa foi criada a partir da Parceria Público-Privada (PPP) entre a Sanesul e o Grupo Aegea – a maior companhia privada de saneamento do país -, com o objetivo de impulsionar investimentos e dar acesso aos serviços de saneamento a mais 1,7 milhão de sul-mato-grossenses até o final de 2031. Com isso, 98% da população será contemplada.

As equipes e veículos da PPP já podem ser vistas em todas as 68 cidades em que a Sanesul já atua desde maio, quando a AMSP deu início à chamada operação plena.

Coxim foi um dos municípios que já receberam, por exemplo, um dos caminhões customizados da empresa que, por reunir vários equipamentos em um só veículo, é visto como uma solução para diminuir transtornos em obras do setor. Isso é possível, uma vez que o caminhão dispensa uso de vários veículos para a execução de um só serviço, resultando na diminuição da emissão de poluentes oriundos da queima de combustíveis fósseis.

Referência nacional, a PPP se antecipou ao marco do saneamento, sancionado em 2020. Caso a meta seja atingida até o final de 2031, o MS será o primeiro estado brasileiro a universalizar o saneamento básico, num marco histórico para o país.

“Nós, da MS Pantanal, estamos bem animados com a universalização, dada a importância do acesso ao saneamento básico à população”, disse José Octávio de Oliveira, supervisor da regional de Coxim da AMSP. “Isso vai beneficiar a todos: é mais gente tendo esgoto tratado, o que representa uma melhoria da qualidade de vida da população de Coxim, bem como da questão ambiental”, acrescentou.

Compartilhar:

Veja Também

Iniciativa de colaborador da MS Pantanal otimiza serviços em Japorã Saiba mais
Iniciativa de colaborador da MS Pantanal otimiza serviços em Japorã

Trabalhador adaptou sistema que evita obstruções na rede de esgoto do município “Uma ação simples que gera resultado” é assim que o opera...

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Ambiental MS Pantanal trabalha diariamente para ampliar e melhorar o índice de coleta e tratamento de esgoto.