Notícias

Ver notícia

A Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) e a Ambiental MS Pantanal (AMSP) – empresa criada a partir da Parceria Público-Privada (PPP) do saneamento entre a Sanesul e o Grupo Aegea – assinaram, nessa terça-feira (31), um protocolo de intenções que visa a cooperação técnico-científica entre as partes, em Campo Grande.

Com o protocolo, as partes formalizam a intenção de colaborarem em projetos que venham a beneficiar a produção científica em âmbito estadual, no tocante a assuntos de saneamento básico, engenharia e meio ambiente, por exemplo.

Além do reitor da UFMS, Marcelo Turine, estiveram presentes a vice-reitora, Camila Itavo; o diretor da Agência de Desenvolvimento e Inovação (Aginova), Saulo Moreira; e professores, diretores e pesquisadores da Faculdade de Engenharia (Faeng). Também participaram o diretor regional de relações institucionais da Aegea, Paulo Antunes; o diretor presidente da AMSP, Celso Paschoal; e o diretor-executivo da empresa, Clayton Bezerra.

Na esteira do encontro, Turine afirmou que “é um orgulho muito grande para a UFMS assinar um protocolo de intenções junto a uma empresa que é referência em saneamento em todo o país e, em especial, no Mato Grosso do Sul”. “Tenho certeza que nascerão daqui muitos projetos inovadores para a sociedade sul-mato-grossense… projetos de impacto científico para melhorar a qualidade de vida da população”, ressaltou o reitor.

“Estarmos do lado da academia irá permitir troca de experiências e pesquisas que contribuirão de forma significativa para a implantação de melhorias no saneamento em nosso Estado”, disse Antunes. “Trata-se da união dos melhores esforços, conhecimentos e práticas sustentáveis que passarão a estar em sinergia”, explicou.

Sobre a PPP. A MS Pantanal assumiu, desde maio, a operação plena de serviços de coleta, afastamento e tratamento de esgoto em todos os 68 municípios em que a Sanesul já atua. A parceria pioneira se tornou viável após a sanção do Marco Legal do Saneamento, em 2020.

Ao lado da Sanesul, a companhia controlada pelo Grupo Aegea tem a meta de universalizar os serviços de saneamento básico até 2031, antecipando-se à legislação. Com o cumprimento da meta, mais 1,7 milhão de sul-mato-grossenses terão acesso aos serviços, posicionando o MS como o primeiro estado do Brasil a realizar tal feito. Para isso, estima-se um investimento de cerca de R$ 1 bilhão em obras por parte da iniciativa privada.

Desde maio, equipes e veículos da PPP já podem ser vistos por moradores de todas as regiões do Estado. Apenas nos primeiros três primeiros meses de operação, a MS Pantanal já ligou mais de 1,8 mil moradias à rede de esgoto. Além disso, foram realizados 5,5 mil serviços de desobstrução, para que o esgoto possa fluir com segurança.

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Iniciativa de colaborador da MS Pantanal otimiza serviços em Japorã Saiba mais
Iniciativa de colaborador da MS Pantanal otimiza serviços em Japorã

Trabalhador adaptou sistema que evita obstruções na rede de esgoto do município “Uma ação simples que gera resultado” é assim que o opera...

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Contato Saiba mais
Contato

A Ambiental MS Pantanal oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.