Saneamente: MS Pantanal e SED lançam curso via WhatsApp para alunos da rede estadual

Postado por administrador em 19/set/2022 - Sem Comentários

A Ambiental MS Pantanal e a Secretaria de Educação do Mato Grosso do Sul (SED) lançaram, na última semana, o projeto de educação ambiental “Saneamente”, em escolas da rede estadual de Aquidauana e Anaurilândia, no interior do estado. O curso disponibiliza conteúdos multidisciplinares relacionados ao saneamento básico por meio do aplicativo WhatsApp.

O projeto foi lançado em uma solenidade realizada na Escola Estadual Felipe Orro, em Aquidauana, e desenvolvido pela Responsabilidade Social da MS Pantanal, com apoio da SED e da Academia Aegea – plataforma de ensino do Grupo Aegea, controlador da MS Pantanal. Até então, apenas os colaboradores do Grupo Aegea tinham acesso à plataforma.

Além do curso para os alunos, também foi disponibilizado material didático para os professores, que deve servir de apoio para que os docentes trabalhem de maneira integrada os temas abordados no curso “Ciclo Completo do Saneamento Básico”: uma trilha com pacotes de vídeos, cards e atividades que os alunos receberão pelo celular. Ao final do curso, será emitido um certificado com o nome do estudante.

Além de alunos, coordenadores e professores, participaram das cerimônias de lançamento representantes da SED, das Coordenadorias Regionais de Educação, da Prefeitura de Aquidauana, além do diretor-presidente da MSP, Celso Paschoal e do diretor de Relações Institucionais da Aegea Centro Oeste, Paulo Antunes.

“É uma honra ser a primeira escola a receber esse projeto”, disse Max de Albuquerque, diretor da escola Felipe Orro, na esteira do evento. “Essa iniciativa é muito importante para conscientizar nossos alunos sobre os impactos positivos do saneamento na saúde, qualidade de vida e educação”, completou.

Já em Anaurilândia, o diretor da Escola Estadual Maria José, José de Sá Cavalcante, diz esperar que o projeto venha a agregar valores “que sejam a conscientização dos alunos – e do ser humano – sobre a preservação do meio ambiente.

 

Rumo à universalização, Três Lagoas recebe mais um caminhão customizado da MS Pantanal

Postado por administrador em 23/jul/2021 - Sem Comentários

A cidade de Três Lagoas recebeu, nesta semana, mais um caminhão customizado da Ambiental MS Pantanal (AMSP). A empresa foi criada a partir da Parceria Público-Privada (PPP) entre o Grupo Aegea e a Sanesul, com a missão de impulsionar investimentos e garantir a universalização do saneamento básico na próxima década. Agora, o município conta com três unidades do veículo, que foi desenhado com o objetivo de minimizar possíveis transtornos causados por obras, e é apontado como uma nova solução para o setor.

A chamada “retro saneamento” trará mais agilidade a serviços como manutenção, troca de tubulação, ligação da rede de esgoto, entre outros. Isso será possível porque esse tipo de caminhão reúne – em um só veículo – equipamentos como caçamba, retroescavadeira, baús para acondicionamento de ferramentas, guindaste e engate rápido para instrumentos hidráulicos.

Com isso, o deslocamento de vários veículos para a realização de um só serviço não se faz mais necessário, resultando na redução da emissão de poluentes e de possíveis transtornos no tráfego das cidades.

“A retro é muito importante no dia-a-dia da operação. Com equipamentos mais modernos, temos mais agilidade e produtividade na execução dos serviços”, disse o supervisor da regional de Três Lagoas da AMSP, Luis Gustavo dos Santos. O mesmo modelo já foi entregue pela MS Pantanal em municípios como Dourados, Coxim, Naviraí, Nova Andradina, Aquidauana, Ribas do Rio Pardo, Jardim, Paranaíba e Ponta Porã.

Nesta semana, colaboradores da MS Pantanal de todas as regiões do estado estiveram em Campo Grande para a conclusão de um curso, realizado em parceria com o sistema Fiems – que engloba Sesi, Senai e Iel -, para estarem aptos a operarem a máquina com segurança.

Além de aulas práticas sobre a operação dos veículos, os colaboradores da MS Pantanal ainda passaram por aulas teóricas sobre normas regulamentadoras de transporte, movimentação e armazenagem, com o objetivo de assimilarem requisitos básicos de segurança, sem o risco de danos e acidentes no ambiente de trabalho.

Sobre a PPP. Desde maio, com o início da operação plena da AMSP, moradores de todos as regiões do MS puderam observar a chegada de trabalhadores e veículos da PPP.

Equipes de engenheiros, topógrafos e eletromecânicos da MS Pantanal vêm trabalhando no mapeamento inteligente e digitalização de todos os ativos da Sanesul desde fevereiro, nos 68 municípios onde a estatal já atua.

Foram percorridas cerca de 200 estações elevatórias de esgoto e 77 estações de tratamento em todas as regiões do MS.

Com a PPP, mais de 1,7 milhão de sul-mato-grossenses terão acesso ao saneamento básico ao final de 2031. O projeto pioneiro deve posicionar o Mato Grosso do Sul como o primeiro estado do País a alcançar a universalização do saneamento básico.

MS Pantanal investe em novos veículos e equipamentos

Postado por administrador em 09/jul/2021 - Sem Comentários

A Ambiental MS Pantanal (AMSP) – empresa criada a partir da Parceria Público-Privada (PPP) entre a Sanesul e o Grupo Aegea com a missão de impulsionar os investimentos no saneamento básico – recebeu mais um mini hidro jato e um caminhão customizado que serão entregues ao município de Jardim. Na próxima semana, equipes da empresa serão treinadas e os novos veículos serão conduzidos aos municípios de destino.

A empresa, que deu início à operação plena em maio e já está presente nos 68 municípios onde a Sanesul já atua, vem investindo na modernização do sistema de saneamento e suas equipes e veículos já podem ser vistos em todas as regiões do MS.

A empresa já distribuiu sete mini hidro jatos – usados na desobstrução das redes de esgoto – e sete caminhões customizados, chamados de “retro saneamento”, em cidades como Três Lagoas, Dourados, Ponta Porã, Nova Andradina, Naviraí, Aquidauana, Sidrolândia e Chapadão do Sul.

Vista como nova solução para o setor, a retro saneamento vai trazer mais agilidade a serviços como manutenção, troca de tubulação, ligação da rede de esgoto. Isso será possível porque que esse tipo de caminhão reúne – em um só veículo – equipamentos como caçamba, retroescavadeira, baús para acondicionamento de ferramentas, guindaste e engate rápido para instrumentos hidráulicos.

Dessa forma, o deslocamento de vários veículos para a realização de um só serviço não se faz mais necessário, resultando na redução da emissão de poluentes e de possíveis transtornos no tráfego das cidades.

O ambicioso projeto de universalização do saneamento básico no MS deve garantir acesso a mais 1,7 milhão de sul-mato-grossenses ao saneamento básico até o final de 2031. Caso essa meta seja atingida, o estado se tornará o primeiro a universalizar tais serviços, o que posiciona a PPP como um modelo para todo o país. Para isso, a MS Pantanal estima um investimento de cerca de R$ 1 bilhão em obras.

Sanesul anuncia investimentos. A distribuição dos novos veículos e equipamentos da MS Pantanal acontece ao passo em que a Sanesul anuncia, paralelamente, novos investimentos para o saneamento em Miranda e Caarapó.

O projeto da estatal prevê a construção de mais 24,8 km de rede coletora de esgoto e uma nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) em Caarapó. Os R$ 4,328 milhões em recursos da própria empresa foram garantidos por meio do programa Avançar Cidades, junto à Caixa Econômica Federal. Esses recursos serão utilizados na execução de 21 km de rede coletora e 700 novas ligações de imóveis, em diferentes bairros.

Para Miranda, a Sanesul anunciou, também nesta semana, recursos que somam R$ 12,9 milhões, num projeto que prevê a construção de mais 24,8 km de rede coletora de esgoto, sete estações elevatórias e uma nova ETE mais moderna e com maior capacidade de tratamento.