Anaurilândia: Rota do Saneamento entrega R$ 3,4 milhões em obras de esgoto

Postado por administrador em 20/dez/2021 - Sem Comentários

O diretor-presidente da Empresa de Saneamento do Mato Grosso do Sul (Sanesul), Walter Carneiro Jr., esteve em Anaurilândia, na última quinta-feira (16), para entregar R$ 3,4 milhões em obras de esgotamento sanitário ao município, localizado a cerca de 372 quilômetros de Campo Grande.

A cerimônia de entrega contou com a presenta do prefeito Edson Takazono, que destacou a importância dos investimentos na estrutura de saneamento não apenas em Anaurilândia, mas também nos demais municípios em que a estatal está presente.

“A Sanesul é uma das empresas pioneiras que está levando a todos os municípios a questão do tratamento de esgoto”, disse Takazono. “Quando se fala em saneamento básico, se fala em saúde… Antes, a gente ouvia em noticiários a mortalidade de crianças porque as pessoas não consumiam, de forma alguma, água tratada”, afirmou. “Falo por Anaurilândia, hoje temos aqui 100% de água tratada”, acrescentou.

Durante o ato, foram inauguradas a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) com capacidade para 20 litros por segundo, uma elevatória de esgoto tratado, 1.287 metros de emissário, 3.246 metros de rede coletora de esgoto, 424 ligações domiciliares, reabilitação de 141 ligações domiciliares de esgoto, além de um laboratório e obras complementares. No total, foram investidos R$ 3.481.442,17 em obras.

PPP do Saneamento. A estrutura entregue pela Sanesul está sendo operada pela Ambiental MS Pantanal – empresa criada a partir da Parceria Público-Privada (PPP), entre a estatal e o Grupo Aegea.

Desde maio, a companhia assumiu os serviços de coleta, afastamento e tratamento do esgoto em todas os 68 municípios em que a Sanesul está presente.

Com a PPP, possibilitada pelo Marco Legal do Saneamento, o MS deve se tornar o primeiro estado do país a atingir a universalização do saneamento básico dentro dos próximos dez anos, garantindo acesso a mais 1,7 milhão de sul-mato-grossenses aos serviços. Para isso, a MS Pantanal estima um investimento de cerca de R$ 1 bilhão em obras.

Bataguassu: Rota do Saneamento entrega R$ 7,4 milhões em obras de esgotoa

Postado por administrador em 20/dez/2021 - Sem Comentários

O diretor-presidente da Empresa de Saneamento do Mato Grosso do Sul (Sanesul), Walter Carneiro Jr., esteve em Bataguassu – cidade a 330 quilômetros de Campo Grande –, na última semana, para entregar R$ 7,4 milhões em obras de esgotamento sanitário no município, como parte da “Rota do Saneamento”.

Na presença do prefeito Akira Otsubo, vereadores e secretários municipais, Carneiro Jr. disse que recebeu “a importante atribuição do governador Reinaldo Azambuja” de entregar obras de saneamento nos 68 municípios em que a estatal detém a concessão dos serviços.

De acordo com a Sanesul, a “Rota do Saneamento” está cumprindo a missão atribuída pelo governo a fim de universalizar o sistema de esgotamento sanitário do MS, percorrendo os municípios e entregando obras.

“Estamos entregando melhorias à população de Bataguassu. São mais de R$ 13 milhões em obras que estão sendo entregues e autorizadas nos municípios”, disse o diretor-presidente. “Uma nova estação totalmente remodelada, mais redes de esgoto, mais estações elevatórias e mais condições de levar o esgotamento sanitário para toda a população”, acrescentou.

Já o prefeito Otsubo destacou a importância dos investimentos e disse que o saneamento básico significa mais saúde e qualidade de vida para a população de Bataguassu.

No ato público, foram entregues 11.397 metros de rede coletora de esgoto e 684 ligações domiciliares de esgoto como parte do programa Avançar Cidades, com recursos próprios da Sanesul contratados via Caixa Econômica Federal. O investimento é de R$ 2.170.815,52.

Também foram inauguradas obras de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), com vazão de 20 litros por segundo e mais 695 ligações domiciliares à rede, cujos investimentos envolvem recursos da Fundação Nacional da Saúde (Funasa) e contrapartida da Sanesul. No total, foram investidos R$ 4.186.375,43.

Além disso, também com recursos da Funasa, foi entregue outro pacote, que inclui rede coletora de esgoto e 660 ligações domiciliares, no valor de R$ 1.094.362,52.

PPP do Saneamento. A estrutura entregue pela Sanesul está sendo operada pela Ambiental MS Pantanal – empresa criada a partir da Parceria Público-Privada (PPP), entre a estatal e o Grupo Aegea.

Desde maio, a companhia assumiu os serviços de coleta, afastamento e tratamento do esgoto em todas os 68 municípios em que a Sanesul está presente.

Com a PPP, possibilitada pelo Marco Legal do Saneamento, o MS deve se tornar o primeiro estado do país a atingir a universalização do saneamento básico dentro dos próximos dez anos, garantindo acesso a mais 1,7 milhão de sul-mato-grossenses aos serviços. Para isso, a MS Pantanal estima um investimento de cerca de R$ 1 bilhão em obras.